Homens de negócio, companhias e comércio.pdf

Homens de negócio, companhias e comércio

No século XVIII, surgiu um grupo social distinto em Pernambuco. O emprego do termo homem de negócio e seu uso recorrente ao longo do mesmo século identificam o processo de formação de uma identidade atribuída e autoatribuída ao novo grupo. O fenômeno determinou tanto transformações na organização social quanto redefinições na hierarquia mercantil, cujas fronteiras se tornaram mais rígidas e delimitadas. Assim como, no mesmo momento, apresentavam-se modificações na paisagem formada pelos poderes locais com a criação de instituições nas quais se percebe a presença marcante ou a composição exclusiva de homens de negócio. Através da análise dos arranjos e rearranjos possibilitados pela presença de homens de negócio nas câmaras de Olinda e do Recife, Mesa de Inspeção e Companhia Geral de Pernambuco e Paraíba, propõe-se um novo olhar sobre as configurações dos poderes locais em Pernambuco.

HERUNTERLADEN

ONLINE LESEN

DATEIGRÖSSE 9.19 MB
ISBN 9783841712905
AUTOR Clara de A. Farias
DATEINAME Homens de negócio, companhias e comércio.pdf
VERöFFENTLICHUNGSDATUM 06/01/2020

9 Out 2019 ... Um e-commerce, ou comércio eletrônico, refere-se aos negócios que estruturam seu processo de compra e venda na Internet. Assim, todas as ... Também negocious a fusão de outras empresas, principalmente no lucrativo ramo do aço. Maior feito: salvar duas vezes os EUA da depressão econômica com ... Reunindo empresas representando os mais diversos setores de atuação, a CCIFB promove o desenvolvimento das relações entre a França e o Brasil.